domingo, 3 de novembro de 2013

Risoto de linguiça de cordeiro com erva doce

Esse fim de semana resolvi fazer uma invenção muito louca da fuzarca!
O risoto que dá título ao post.
Talvez risoto de linguiça com erva doce não seja exatamente uma novidade, mas a combinação de cordeiro com erva doce eu nunca tinha visto.
Achei que ia combinar e, olha, super combinou.
Eu tinha comprado umas linguiças de cordeiro num momento de empolgação do tipo "Uau! Linguiça de cordeiro! P R E C I S O!" Aí, na sequência elas ficaram encalhadas no freezer por um tempo até eu ter uma idéia do que fazer e o resultado foi esse risoto. Bem bom!


As folhinhas de erva doce são só para dar bossa ao look do risoto :)


Ingredientes (para quatro pessoas):
500 g de linguiça de cordeiro (também acho que deve ficar bom com qualquer outra linguiça fresca, como calabresa)
2 xícaras de chá de arroz arbório
meia cebola picada
1 1/2 xícara de erva doce picada (use mais o bulbo, que é a melhor parte)
caldo de legumes ou carne (o quando baste, acho que usei pouco menos de um litro e meio)
meia colher de sopa de manteiga
parmesão ralado (mais ou menos duas colheres de sopa)
meia garrafa de vinho branco seco
sal e pimenta do reino a gosto

Preparo:
Na panela onde for fazer o risoto, coloque um pouco de óleo e frite as linguiças inteiras. Quando estiver dourada de todos os lados, retire e reserve.
Na mesma panela, na gordura que a linguiça soltou, refogue a cebola e a erva doce. Acrescente o sal e a pimenta (se quiser por pimenta, claro).
Enquanto isso, fatie as linguiças e acrescente na panela para refogar com a cebola e a erva doce.
Quando a cebola e a erva doce reduzirem um pouco e começarem a ficar transparentes, acrescente o arroz. Refogue um pouco e depois coloque o vinho branco até cobrir tudo. 
Agora começa a mexeção de risoto. Você vai mexer como se não houvesse amanhã e o risoto vai ficar cada vez mais pesado, ou seja, a gente já perde um pouco das calorias que vai ingerir! Sim, eu quero acreditar nisso! :)
Quando o vinho secar, acrescente 1/3 do caldo e mexa. 
Vá acrescentando o caldo e mexendo até o arroz cozinhar, mas sem ficar mole. O caldo também não deve secar totalmente, afinal, risoto é sempre cremoso (apesar de não usar creme).
Quando estiver pronto, desligue a panela e ainda mexendo (avisei que era muita mexeção) coloque a manteiga e o parmesão.
E está pronto!
Aí é só servir e partir para o abraço. Garanto que vai impressionar.




Ah, e sabe o vinho branco que sobrou? Fica ótimo para beber junto com o prato. Lembrando sempre daquela "regrinha": nunca cozinhe com um vinho que você não beberia.




E nem se dê ao trabalho de pensar em sobremesa, não vai sobrar espaço na barriga de ninguém! :)

8 comentários:

  1. Vou fazer hoje, mas com a lingüiça comum!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Fê! Este final de semana comi cordeiro com um molhinho muito bom! Um maço de hortelã, 50gr de açúcar, um copo de vinho e um de vinagre. Deixa ferver e só depois coloca a hortelã picadinha! Já experimentou?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carina, tudo bom?
      Acredita que eu nunca fiz cordeiro em casa (tirando esse risoto com a linguiça, claro), mas quando fizer, vou tentar esse molhinho. Parece fácil e gostoso, ou seja, do jeito que eu gosto!
      Mas me diz uma coisa: vai vinho tinto ou branco?
      bj

      Excluir
    2. Fê, vai vinho branco seco no molhinho! Qdo puder faça o cordeiro, viu?! é uma delícia! eu gostei bastante!!

      Excluir
    3. Hum, parece bom mesmo!
      Vou fazer, sim e aí eu falo.
      Valeu a dica!
      bj

      Excluir

Comentem loucamente!